MANIFESTAÇÃO DA CNS – CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE SERVIÇOS, PUBLICADA NOS JORNAIS.

– O Estado de S. Paulo – caderno Economia – página B3
– O Valor Econômico – caderno Política – página A7
– Folha de S. Paulo – folha Mundo – A16

EM DEFESA DA CONSTITUIÇÃO E DAS INSTITUIÇÕES

   Neste momento de crise, a Confederação Nacional de Serviços – CNS firma uma posição clara de apoio à Constituição e às Instituições. Nada pode se afastar dessa base sólida, que garante o regime fundado na divisão dos poderes, no poder emanado do povo, no exercício da ética, na proteção do patrimônio nacional e da cidadania.

   O Impeachment, a luta contra a corrupção, o controle das contas públicas, o cumprimento das Leis, fazem parte destes princípios.

   Repudiamos qualquer tentativa do uso de força, movimentos, declarações, que incentivem a violência contra a ordem pública. Repudiamos também qualquer tentativa de desestabilizar o combate contra a corrupção, em todas as esferas de governo, e em particular a operação Lava Jato.

   Se faz necessário, em função das manifestações públicas, que os representantes do povo que compõem o Congresso Nacional, cumpram o seu dever e o juramento que fizeram quando da sua posse, em defesa da Constituição, das Leis, do Patrimônio Público, e do desenvolvimento do país, e julguem o pedido de impeachment.

   Independentemente do resultado, é dever de todos aceitá-lo, para que o país volte à normalidade política e econômica.

   A CNS continuará colaborando com todos os órgãos públicos e com as entidades empresariais que querem o imediato restabelecimento do desenvolvimento econômico e social do Brasil.

   Congressistas, estaremos vigilantes, e acompanhando as decisões do Congresso.

   Confederação Nacional de Serviços.

popup-plataforma-seprosp